Loja virtual

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Brunellos di Montalcino com Preços do Ano Passado!

Por Luiza Martini

A safra 2010 em Montalcino foi fantástica, 98 pontos pela revista Wine Spectator! 

As condições climáticas favoreceram uma safra madura e frutada das uvas sangiovese. O resultado foram Brunellos elegantes e complexos com sabores frutados de morango, framboesa e cereja com toques florais, tabaco e elementos minerais. 

Os sabores dos vinhos jovens estão tão balanceados que a estrutura do vinho fica um pouco no segundo plano. Mas não se deixe enganar, os grandes vinhos da melhor safra desde 2001 podem envelhecer maravilhosamente!

Enquanto nossos Brunellos 2010 não chegam às prateleiras, aproveitem a oportunidade para adquirir as safras 2001 (WS 98), 2004 (WS  97), 2005 (WS 89), 2006 (WS 95), 2007 (WS 93). 

O melhor de tudo é que os preços dos Brunellos da Casa do Vinho são os mesmos do ano passado! 

Com toda esta variação cambial, a diferença para os preços no exterior ficou muito pequena e já não é mais uma vantagem trazer estes vinhos de viagem. 
Afinal, além de encher a mala e ter de carregar peso, existem também os riscos de quebra. Com toda esta facilitação, tá na hora de aproveitar!!!


Conheça melhor nossos Brunellos e seus produtores:


Algumas sugestões abaixo, mas saiba que temos muuuitos mais! Dá até para montar degustações verticais incríveis.

Grandes vinhos merecem conhecimento e certa familiaridade. Com Brunello não seria diferente. Este 2004 é um exemplar para mostrar que Brunellos são realmente incríveis, mesmo para quem ainda não se aventurou por aqui!

Um vinho para deixar qualquer entendedor maravilhado! Clássico, elegante, estruturado. Daqueles que enchem a boca. Da excepcional safra 2001, merece ser decantado e degustado ao poucos, para sentir a cada gole sua evolução.

Casanuova delle Cerbaie

Um Brunello moderno, potente. Daqueles que chamam a atenção. Já nos aromas, mostra a que veio.  Vinho para chamar atenção. Potente, mastigável, com couro também na boca. É realmente marcante!

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Comida Vegetariana e Vinho Combinam?

Por Gilmara Vesolli - sommelière e Gastróloga

Nem só de carne viverá o Homem, mas de todo legume, verdura e fruta.

A cozinha vegetariana evoluiu, e muito! A maior aderência ao estilo de vida contribuiu significativamente nesse processo. Quem pensa que ser vegetariano é viver de alface a água está muitos anos atrasado. 
Os restaurantes especializados surgiram aos montes, bem como sites e blogs de receitas e dicas.

O estilo da comida vegetariana atraiu também aqueles que vez ou outra comem carne (afinal de contas o vegetarianismo exige algum tempo para ser implementado em nossas mentes carnívoras) como forma de manter-se saudável, magro, ter energia e/ou baixar o consumo de fontes animais pelas mais diversas razões.

Junte a troca rápida de informações, mais feiras, restaurantes e comércios de alimentos vegetarianos/veganos/naturais/orgânicos e um público ávidos por fazer/comer e o resultado só pode ser um: comida deliciosa!

Mas e os vegetarianos amantes do vinho? Ficarão privados de uma bela harmonização? 
Aparentemente comida vegetariana e vinho não tem nada a ver. É o que sugerem indicações de harmonização nos rótulos, por exemplo, que invariavelmente trazem "carne" em primeiro lugar.

Vegetais são mero acompanhamento na maioria das sugestões e quando tomam o papel principal tendem a deixar a harmonização um pouquinho mais difícil. Mas nada disso impede que possamos beber um delicioso vinho perfeitamente harmonizado!

Na hora de escolher pense no método de cocção. Seus vegetais foram grelhados, cozidos, assados? Qual o sabor predominante? Como é a estrutura desse prato?
Aí então você pode escolher um vinho que esteja de acordo com essas respostas.

De maneira geral vegetais crus como tomate, cenoura, pepino, etc, harmonizarão melhor com espumantes mais ácidos, secos e brancos. Bem como elementos difíceis: quiabo, jiló, alcaparras, pimenta, alcachofra.

Vinhos tintos frutados podem harmonizar com cozidos que tenham maior estrutura como sopas de vegetais diversos. Vinhos mais encorpados, europeus e envelhecidos podem fazer uma bela companhia para mix de cogumelos grelhados, churrasco de vegetais ou hambúrgueres de feijão.

Brancos encorpados ficam deliciosos com uma multiplicidade de vegetais, desde grão de bico, até soja, triguinho (para kibe), grãos de trigo, etc.

Brancos leves e ácidos também são uma boa opção para pratos de brotos.

Para comprovar, segue uma deliciosa receita harmonizada para que você nunca mais deixe de beber vinho por causa da comida. O link leva até um site incrível de deixar qualquer vegetariano inspirado, o Papacapim. Clique AQUI.

E abaixo, o nosso vinho para harmonizar (e nosso site, de deixar qualquer apaixonado por vinhos pra lá de inspirado!):


quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Como Conservar o Vinho Depois de Aberto

Quem bebe sozinho já teve aquela dúvida: o que fazer com a garrafa aberta quando sobra vinho?
E provavelmente já tentou comprar garrafas menores com 1/2 ou 1/4 do conteúdo das tradicionais.
Aí então desistiu porque não encontrou os vinhos que queria ou tomou um susto com os preços, que nada tem de 1/2 ou 1/4 do valor da garrafa maior.

A boa notícia é que ninguém mais precisa ficar refém das garrafas pequenas. Veja no nosso vídeo o que fazer com o vinho que sobrou:

         

Compre o acessório AQUI.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Casa do Vinho e You Tube - Escolas de Harmonização

Que tal aprender um pouco mais sobre vinho com os nossos vídeos?
Nossa sugestão de hoje:

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Vinhos e Pais

Nos Estados Unidos o Dia dos Pais começou a ser comemorado por uma filha que perdera a mãe e resolveu agradecer ao seu pai todo o cuidado dispensado. 

Em outros países a data é comemorada em fevereiro, junho, setembro ou dezembro, bem diferente do Brasil, cujo dia comemorativo é semelhante ao Dia das Mães: um segundo domingo, sem dia fixo. Essa data foi estabelecida oficialmente por aqui em 1953. 

Mas a história do Dia dos Pais tem também uma origem muito mais antiga. Foi encontrado na Babilônia um cartão esculpido por uma criança, em homenagem ao seu pai, datado de mais de 4 mil anos! 

Não é de hoje, portanto, que esse ser tão especial merece tantas homenagens, amor e respeito. E nada melhor que homenagear o papai com vinho. Preferencialmente um que possa ser dividido por toda a família, em garrafa de tamanho tão grande quanto o coração desse homem!






Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...